Este blogue é um guia prático para se sentir saúdável e em forma.
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
2011
2010
Posts mais comentados
01
Jan
11

Na verdade, para ser saudável, o nosso corpo precisa de vários minerais que devem ser comidos em doses apropriadas.  Estes minerais fortalecem  os dentes e os ossos e são uma óptima ajuda no que respeita ao bom funcionamento do sistema imunitário.

Aqui ficam os minerais, as respectivas fontes alimentares ,a sua importância para a saúde, sintomas de deficiência e de excesso.

Cálcio

Melhores Fontes alimentares: 

  • Leite e lactícinios;
  • Sardinhas enlatadas com espinha
  • Legumes Verdes.

 

Importância para a saúde:

  • Desenvolvimentos dos dentes e dos ossos;
  • Propagação de impulsos nervosos e atribuições musculares.

 

 

Sintomas de deficiência:

  • Debilidade muscular;
  • Dores nas costas;
  • Ossos delicados;
  • Roturas e osteoperose.

 

  Sintoma de excesso              

  • Não existe nenhum sintoma.

 

 

 

Cloro

Melhores Fontes  Alimentares:

  • Sal de mesa e alimentos que tenham o mesmo.

 

 

Importância para a saúde:   

                  

  • Conserva a estabilidade de liquidos e electrólitos;
  • Fundamental para o desenvolvimento de ácidos no estômago.

 

 

Sintoma de deficiência:

           

  • Não se apura nenhum sintoma com uma dieta normal.

 

 

Sintoma de excesso :

                  

  •   Nenhum. A desmesura de cloro é recolhido pelos rins.

 

 

 

Magnésio

Melhores Fontes  Alimentares:

  • Cereais integrais;
  • germe de trigo;
  • frutos secos;
  • figos secos;
  • legumes verdes;
  • leguminosas.

 

 

Importância para a saúde:

  • Notável membro dos ossos e dentes;
  • coopera para a contracção muscular e para os impulsos nervosos.

    

 

Sintoma de deficiência:

  • Letargia;
  • cãibras;
  • tremores musculares que originam convulsões.

 

   Sintoma de excesso:

  • Não há conhecimento de sintomas.

 

 

 

Fósforo

Melhores Fontes  Alimentares:

  •  Proteínas vegetais e animais;
  • leite;
  • queijo;
  • carne vermelha;
  • aves;
  • peixe e marisco;
  • frutos secos:
  • cereais integrais.

  

 

Importância para a saúde:

  • Coadjuva a alinhar e a conservar os dentes e os dentes saudáveis;
  • preciso para soltar energia para as células;
  • fundamental para a absorvência de muitos nutrientes.

 

 

Sintoma de deficiência:

  

  • Falha anómala. pode ser induzida por uso de antiácidos.

 

 

Sintoma de excesso:

  •  Pode comprometer a aptidão de usar o cálcio pelo organismo e obstar a absorvência de magnésio.     

 

 

Potássio

Melhores Fontes  Alimentares:

  • Abacates;
  • fruta fresca e seca;
  • sementes e frutos secos;
  • bananas;
  • citrinos;
  • batatas e
  • leguminosas.

  

  

Importância para a saúde:

  • Juntamente com o sódio, conserva a estabilidade liquidos e electrólitos nas células;
  • acerta as pulsações e conserva a tenção arterial normal;
  • fundamental para a emissão de todos os impulsos nervosos.

  

Sintoma de deficiência:

  • Letargia;
  • fraqueza;
  • sede limite;
  • ritmo cardiaco anómalo;
  • outros problemas cardiacos e respiratórios.

  

 

Sintoma de excesso:

  • Insuficiência cardiaca;
  • apatia;
  • pulsações morosas

 

 

Sódio

Melhores Fontes  Alimentares:

  • Sal de mesa;
  • anchovas de lata;
  • carnes confeccionadas;
  • extractos de levedura.

  

Importância para a saúde:

  • É parceiro do potássio para acertar a estabilidade de liquidos;
  • fundamental para a competência muscular e nervosa.

 

 

Sintoma de deficiência:

  • A falha é invulgar mas pode baixar a tenção arterial, desidrata e provoca cãibras.

 

 

Sintoma de excesso:

  • Detenção de liquidos;
  • Tenção arterial alta;
  • possível AVC;
  • insuficiência cardiaca e renal.

 

 

 

                                   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por susanacorreia35 às 21:17
29
Dez
10

Os Alimentos - Vantagens e desvantagens

 

Este post vai dar-nos a conhecer todos os alimentos que costumamos ingerir no nosso quotidiano.

 

A alimentação -vantagens e desvantagens
Alimentos Vantagens Desvantagens
Abacates Ricos em vitamina E, potássio e em gorduras monoinsaturadas Têm muitas calorias 
Abóboras Boa fonte de betacaroteno, vitamina E e tem poucas calorias.  
Açúcar e adoçantes Destacam o sabor de alguns alimentos; fonte de energia quase imediata; alguns adoçantes não engordam. Açúcar em excesso provoca dores de dentes; os snacks açúcarados roubam o apetite aos alimentos mais saudáveis.
Agriões Fonte de vitamina C e betacaroteno. podem provocar infecções bacterianas.
Aditivos alimentares

Conservam os alimentos;

realçam o seu sabor e aspecto; incrementam o seu valor nutritivo.

Alguns escondem que os alimentos não têm valor;

alguns aditivos causam alergias.

Aipo  Baixa os níveis de colesterol e a tenção arterial; abranda as dores musculares; não engorda; boa fonte de potássio.  Pode ser rico em nitratos.
 Aipo-rábano  Fonte de potássio, fibra e vitamina C.  
 Alcachofras  Boa fonte de potássio e ácido fólico; é uma ajuda para regular os níveis de colesterol e faz com que o fígado funcione melhor.  
 Alcaçuz  Acalma as úlceras e é um bom expectorante.  Dá origem à retenção do sódio e diminui o potássio, o que faz com que haja hipertenção arterial.
 Algas

 Excelente fonte de iodo;

formam cálcio, cobre, ferro, potássio, zinco e magnésio;

Tem quantidades de vitamina B e betacaroteno.

 Algumas algas têm muito sódio.
 Alho

  Pode ajudar a diminuir o colesterol e a tenção;

Serve de descongestinante nasal;

Tem caracterisiticas antivirais.

 Provoca mau cheiro na boca;

Origina enxaquecas;

Pode dár origem a dormite de contacto.

 Alhos-franceses

 Fonte boa de ácido fólico e de potássio.

 Pode original flatulência
 Alimentos congelados

 A maioria dos nutrientes é bem embargado;

A maior parte dos alimentos mantém a cor, o aroma e textura originais.

 
 Alimentos enlatados

 Duram muito tempo; embargam muitos nutrientes, incorporando vitaminas A, D, riboflavina e proteínas;

Imputrescíveis e  garantidos.

 Muitos alimentos enlatados são salgados;

Mudança da textura, da cor e do gosto da alimentação;

Perdem nutrientes.

 Álccol

 O consumo com conta peso e medida está Relacionado com 1 menor risco de doença coronária em idosos;

Pode aguçar bom humor.

 Agrava o mau humor e causa agressividade  e/ou violência;

Prejudica a gravidez;

É perigoso quando está misturado com determinados medicamentos;

Origina ressaca;

Ingestão excessiva está ligada à altos riscos de cancro;

Os excessos de álccol podem originar doenças tipo pancreatite, gota ou ataque cardiaco;

Pode prejudicar sempre o fígado.

 Alperces  Alperces frescos são uma boa procedência de betacaroteno  
 Azeite e outros óleos vegetais  

Elaboram ácidos gordos vitais;

Boa procedência de vitamina E;

Engrandecem o poder de absorver  as vitaminas lipossulúveis A, D, E e K.

 Engordam se forem ingeridos em excesso.
 Azeitonas  Boa origem de vitamina E  Têm muito sal.
 Bananas Contém  muito potássio  Quando são ingeridas ainda verdes, originam gases.
 Batata-doce

 Boníssima fonte de betacaroteno;

Boa  origem de vitamina C e de potássio.

 
 Batatas  Têm vitamina C, fibra, amido e potássio.  As batatas verdes e as greladas podem conter substâncias perigosas.
 Beringela  É muito Árida em calorias (quando assada)  Na sua confecção, absorve muita gordura.
 Beterraba

Contem Ácido fólico, tássio e vitamina C;

A coroa folhosa é abundante em betacaroteno, ferro e cálcio.

 
 Bolachas

 Algumas bolachas são abundantes em fibra;

Boa origem de hidratos de carbono;

Práticas para refeições pequenas.

 Se tiverem açúcar, podem causar cáries dentárias;

Muitas têm muita gordura;

Áridas em nutrientes.

 Bolos    Abundantes em calorias e gorduras saturadas;

Ricos em colesterol quando são feitos com muitos ovos, natas e manteiga;

Abundantes em açúcar e hidratos de carbono refinados.

 Borrego

 Muitas proteínas; contem a esmagadora maioria das vitaminas do complexo B;

Boa origem de ferro e zinco.

 As partes gordas têm muitas calorias e gorduras saturadas.
 Bróculos

Excelente origem de vitamina C;

Tem betacaroteno, ácido fólico, potássio e ferro;

Protegem do cancro.

 
 Carne de vaca  Tem uma grande variedade de nutrientes tais como ferro e zinco.

 Ingestão excessiva pode levar ao cancro do cólon;

A gordura da vaca ingerida sem contenção pode desencadear doenças cardiacas.

 Castanhas

São áridas em gordura; boas fornecedoras de fibras;

têm muitos hidratos de carbono.

 
 Cebolas

 Ajudam a reduzir o colesterol e protegem contra as doenças coronárias;

Não permitem que se formam coágulos;

Auxiliam na diminuição do risco de cancro;

São usadas para descongestionárem o náriz.

 Provocam enxaquecas em pessoas sensíveis;

Provocam mau hálito quando se comem cruas.

 Cenouras  Boníssimas fornecedoras de betacaroteno e têm fibras.  Podem ter vestígios de pesticidas.
 Cereais de pequeno almoço

 Os cereais têm dois tipos de fibra: fibra insolúvel, que ajuda o trânsito intestinal e fibra solúvel, que auxilia  a baixar o colesterol;

Geralmente, áridas em gordura;

Muitos cereais fornecem imensas vitaminas, minerais e energia, de uma forma regular.

 Muitas marcas de cereais têm açúcar e sal ocultos.
 Coco  Bom fornecedor de fibra.  Engorda imenso já que têm muita gordura saturada e calorias.
 Legumes para saladas

 Bons fornecedores de proteínas e fibras;

Não têm gordura;

têm minerais e vitaminas do grupo B;

Ajudam no controlo de açúcar no sangue;

Contribui para baixar o colesterol  no sangue.

 Podem originar desencadear flatulência;

Os feijões de soja podem causar alergias.

 Leite e natas

 Fornecedores de excelentes proteínas, vitaminas do grupo B, zinco e fósforo;

Têm muito cálcio.

 O leite gordo e as natas são muito gordurosas;

O leite não pasteurizado aumenta o risco de intoxicações alimentares;

Tem lactose, intolerável para algumas pessoas.

 Maçãs

 Boa fornecedora de vitamina C;

Podem ser utilizadas no tratamento da diarreia e prisão de ventre.

 
 Maionese  Abundante em vitamina E.

 Engorda imenso;

Os ovos cruz na maionese podem ter salmonelas;

Têm imenso colesterol.

 Malte

 O extracto de malte é um bom fornecedor de fósforo e razoável de magnésio;

As bebidas de leite com malte têm cálcio, vitamina B2 e B12.

 
 Manga  Abundante em betacaroteno e em vitamina C.  
 Melão  Algumas variedades são boas fornecedoras de  betacaroteno e de vitamina C.  
Morangos

 Óptima procedência de vitamina C.

 

Podem ser alérgenos.

 Nabos

 Protegem contra o cancro;

Proveniência razoável de vitamina C e de fibras;

Não engorda;

Atenuam problemas brônquicos.

 Se comer quantidades excessivas de nabos, vai ter mais necessidade de iodo.
 Nectarinas  Ricas em vitamina C.  
 Ovos

 Óptima procedência de vitamina B;

Procedência certa de proteínas;

Abundantes em minerais e vitaminas.

 Têm muito colesterol;

São alérgenos;

Provocam intoxicações alimentares por salmonelas se não forem bem confeccionados.

 Papaia  Óptima procedência de vitamina C e de betacaroteno.  
 Pão

 Boa procedência de amido e proteínas;

Abundante em fibras;

Têm vitaminas do complexo B, ferro e cálcio.

 Têm muito sal;

Existe uma eventual procedência ao gluten.

 Pêras

 Têm muito açúcar natural;

fornecedora razoável de fibras, potássio e vitamina C.

 

 
Pêssegos

 Boa procedência de vitamina C;

Comem-se facilmente;

São laxantes suaves.

 
 Pimentos

  Óptima fonte de vitamina C;

Fornecedores razoáveis de betacaroteno;

Boa procedência de bioflavonoides.

 

 

 

 

 

Susana Correia

Fonte de pesquisa: "Alimentos bons, Alimentos perigosos" das Selecções dos Reader's Digest

publicado por susanacorreia35 às 19:41
18
Dez
10

Para a maioria das pessoas que cometem o pecado da gula, abandonarem as suas queridas guloseimas é uma tortura; o que é doce nunca amargou - uma desculpa por muitos usada, - mas o que vai amargar são as consequências quer físicas, quer psicológicas.

Vou propôr um exercício de travagem de ingestão de gulodices que é estabelecer uma periodicidade.

Assim, proponho 3 desafios:

- Comer 1 pastel de nata (pequeno), por exemplo, 1 vez por semana;

- Comer um bolo pequeno de 15 em 15 dias;

- Comer 1 doce por mês, numa festa de aniversário, por exemplo.

 

Mais alguns desafios ainda mais dificeis ainda:

- 1/fatia bolo de 2 em 2 meses;

- 1 doce de 3 em 3 meses. 

 

 

Os alimentos açúcarados não são aconselháveis à nossa saúde. Engordam, provocam caries dentárias e são calorias vazias que roubam o apetite que se deveria ter para ingerir alimentos melhores.

Um deles provoca uma sensação de bem estar proporcionada pela feniletilamina, que acontece no cérebro. Estou a referir-me ao alimento mais engordativo: o chocolate. Contém ainda os estimulantes  teobromina e cafeína, que incrementam as insónias.

 

O chocolate é tão desaconselhável que talvez seja melhor interdita-lo. E porquê? Porque tendo uma caixa de bombons, não se consegue parar de comer de uma forma quase compulsiva.  Para este alimento, a periodicidade é nula: nunca se deve comer chocolate.

 

Há bolos e bolos. Existe aqueles bolos fritos, pejados de creme, tipo "Bolas de berlim", "Palmieres" recheados  e há outros menos calóricos tipo o pastel de nata. Os interditados são os fritos, com creme. Aqueles que podem ser comidos com parcimónia, com a periodicidade acima referida são os seguintes:

- Pasteis de belém/nata;

- Miniaturas (Excepto de bolos com creme);

- Bolo Rei ( se tirar dele as frutas cristalizadas)

 

 

 

Autoria: Susana Correia

Fonte: "Alimentos Bons, Alimentos Perigosos", Selecções dos Reader´s Digest

publicado por susanacorreia35 às 20:03
19
Mai
10

Gostaria de ter um perfeito coração? Acredite que isso esteja nas suas mãos. Basta que tenha cuidado com a alimentação e mande a obesidade embora para sempre do seu corpo.

Existe uma rede de factores que têm influência no bom funcionamento do coração. Alguns até dependem muito da alimentação que as pessoas ingerem, os hábitos adoptados e o exercício físico que cada um pratica, outros não. 

Eis alguns dos factores que determinam o risco de doença cardiaca:

  • Carnes gordas, lacticínios gordos, ricos em gorduras saturadas são os responsáveis pela subida do colesterol no sangue;
  • O stress a tenção arterial são, sem dúvida, responsáveis  pelo aumento do risco de doença cardiovascular e angina de peito;
  • Os problemas metabólicos dos diabéticos obrigam a um esforço maior não só do figado e rins, mas, igualmente, do coração, aumentando, assim, o risco de doença cardiovascular;
  • O tabaco e o consumo de alcool em excesso são muito maus hábitos;
  • O exercicio físico regular  é perfeito para evitar a obesidade e trombose e motiva a circulação;
  • A obesidade é uma assassina já que é um importante factor de risco de doença cardiovascular e mata; se perder peso, viverá por muitos anos.

 

 

 

 

Autoria: Susana Correia

Fonte de pesquisa: "Alimentos Bons e Alimentos perigosos", Selecções dos Reader's digest

publicado por susanacorreia35 às 21:18

É certo e sabido que a obesidade é um mal que dá cabo da nossa saúde. Se as pessoas gordas soubessem o mal que a obesidade faz, não perderiam tempo e tentavam perder peso. As desvantagens da obesidade são mais que muitas e eu não vou  resistir à tentação de falar delas.

 Eis as consequências nefastas da obesidade:

  • Emocionalmente, provoca falta de auto-estima e à depressão. já que a pessoa gorda não tem uma vida como uma pessoa normal e activa;

  • Provoca sintomas físicos tais como: dificuldades em respirar, dores nas pernas e tornozelos;

  • Provoca lesões nas artérias, dando origem osteoartrites, principalmente, nas ancas e nos joelhos;

  • Pessoas com excesso de peso correm sérios riscos de vida já podem vir a sofrer de hipertensão arterial, diabetes, problemas da vesícula biliar e gota;

  • Provoca doenças ainda mais graves, tais como: angina de peito e artrite;

  • Dá origem, igualmente, a distúrbios cardiacos, à aterosclerose e ao cancro;

  • As pessoas gordas são alvo de chacota e de comentários maldosos;

  • Nas escolas, as raparigas gordas, por exemplo, são vitimas de "bulling";

  • Quanto ao guarda-roupa, as pessoas gordas têm uma enorme dificuldade em encontrar roupa que lhes sirva;

  • São "humilhadas nas lojas de pronto-a-vestir quando uma das empregadas lhes diz, preconceituosamente, que não há o número que elas vestem.

  • Cansam-se muito facilmente, principalmente, aquelas que levam uma vida sedentária.

  • Começam em ter dificuldades em se mexer, fisicamente; tarefas do quotidiano, como por exemplo, calçarem os sapatos, apertarem os atacadores dos mesmos começa a ser um drama;

  • A obesidade estraga a beleza das pessoas, porque nenhuma gorda é bonita; nenhuma roupa lhes assenta, nem o vestido mais bonito do mundo.

 

Susana Correia

Fonte de pesquisa: "Alimentos bons e Alimentos perigosos", Selecções dos Reader's Digest

publicado por susanacorreia35 às 21:05
18
Mai
10

Gostaria de ter uma ideia o que deve comer por dia. Aqui ficam algumas sugestões de alimentos que pode comer durante o dia, nas refeições principais e fora delas.

Pequeno almoço - 7H30

Café com leite magro ou iogurte para beber.
Tostas integrais com queijo fresco ou baguetes integrais ou
Cereais integrais, ou
Iogurte magro, ou

 

Meio da manhã - 10H30

Bolachas sem açúcar ou
Bolachas integrais ou
Fruta (Pêras, laranjas, kiwi, ananás, etc) +/ou
Iogurte magro. (Se comeu iogurte ao pequeno almoço, não deverá comer outro)

Almoço - 13H30

Peixe (Pode ser cozido com batatas cozidas, ovo e legumes ou carne/criação com arroz integral ou massa integral (à escolha) + Salada de alface/ou legumes (tipo bóculos, couves, grelos, etc)

 

Lanche ( 18H30)

Fruta (Abacate, manga, kiwi, laranja)

ou sumo de laranja ou (se preferir)

iogurte liquido

 

 

Jantar (19-20H)

Sopa de legumes

Fruta assada, ou (se preferir, morangos com frutose)

 

Mini-ceia (opcional)- 22H30

Fruta (pêra, tangerina,pêros assados, etc) ou 2 bolachas Cream-Cacker, ou bolachas "Gullon")

 

 

 

 

 

Susana Correia


publicado por susanacorreia35 às 22:13

Os alimentos  estão divididos em grupos alimentares. Cada grupo tem os seus nutrientes fundamentais para uma dieta equilibrada. Neste post, fique a saber quais são os alimentos que compõem cada grupo bem como os seus nutrientes.

 

Hidratos de Carbono:

  • Pão
  • Cereais
  • Batatas

 

Nutrientes:

  • Hidratos de carbono complexos
  • Fibras (Polissacáridos não-amiláceos)
  • Cálcio
  • Ferro

 

 

Fruta

  • Fresca
  • Congelada
  • Enlatada
  • Frutos secos

 

Nutrientes

  • Vitamina C
  • Folatos
  • Fibras
  • Hidratos de carbono simples

 

 

 

Legumes

  •  Couves,

  • Alface
  • Bróculos
  • Hortaliça
  • Grelos

 

Nutrientes

 

  • Vitaminas
  • Minerais
  • Fibras
  • Hidratos de carbono

 

 

 

Leite e Lacticínios (Excepto manteiga e natas)

  • Leite
  • Queijo
  • Iogurte
  • 

Nutrientes

  • Cálcio
  • Magnésio
  • Proteínas
  • Riboflavina
  • Vitaminas B12 e A

 

Carne, Criação, peixe e alternativos

  • Carne
  • Peixes
  • Feijão

 

Nutrientes

  • Ferro
  • Zinco
  • Proteínas
  • Vitaminas B e B12

 

 

Alimentos Gordos e Açúcarados

  • Bolos
  • Chocolates
  • Gelados
  • Natas
  • Margarinas
  • Manteigas
  • Óleo de fritas
  • Tostadinhos
  • Bolachas doces
  • Doces
  • Açúcar

Sem nutrientes

 

 

 

 

Susana Correia

Fonte de pesquisa: "Alimentos Bons, Alimentos Perigosos", Selecções dos Reader's Digest

publicado por susanacorreia35 às 21:27
16
Mai
10

O que é preciso para se ter uma vida saudável? Neste post, eu vou enumerar algumas regras básicas que se deve ter em conta para que a sua dita obtenha os melhores resultados.

O que deve fazer:

 

Comer pausadamente e mastigar bem os alimentos.  Descansar entre garfadas. Procure conviver com pessoas enquanto come. Se comer sózinho, aproveite para descompremir um bocado enquanto come.

 

 

Dormir bem.  Se descansar e dormir bem não pensa em comer.

 

Entretenha-se com tarefas diárias.  Se tiver um projecto em mente, ocupe a mente com o mesmo, sob objectivo de não estar sempre a pensar na comida.

 

 

Faça exercicio físico -   Nada melhor para perder peso do que fazer exercicio físico. O melhor local onde fazer esses exercicio é, sem dúvida, o ginásio e uma das modalidades onde se perde mais peso é o Cardio-Fitness.

 

 

Abdique mais dos transportes públicos e ande mais a pé.  - Esqueça os transportes públicos e ande a pé durante 10 a 20 minutos.  Quando for à praia, também, é bastante saudável andar a pé.

 

 

Faça 5 ou 6 refeições/dia.  Coma mais vezes por dia,  a miudo; por exemplo, ao meio da manhã, por volta das 10H ou 11H, coma uma peça de fruta, ou um iogurte. Para quem come tarde, depois das 14H, enganar o estômago ou com bolachas sem açúcar ou então, com outra peça de fruta, para não se sentir mal. As 17H30, faça um lanche: bebe um iogurte com, tostas com queijo magro e coma cereais. Depois do jantar, por exemplo, por volta das 22H30, poderá comer uma peça de fruta, que não deverá ser uma banana. A banana é uma fruta indigesta.

 

 

Beber 1/5l de água por dia. A água é mais que essencial à nossa saúde mas não em exagero. Antigamente, eu pensava que quanto mais água bebia melhor. Mas aprendi que isso é errado.  1/5L de água chega perfeitamente.

 

 

Faça uma alimentação rica em legumes, hidratos de carbono, leite e lactícinios magros e em carne, criação, peixe e alternativos.  Uma dieta equilibrada deve incluir 6 doses diárias de hidratos de carbono, cinco de fruta e legumes, duas de leite ou iogurte, duas de proteínas e 15-25g de gorduras e óleos.

 

Assegure-se de que a sua alimentação é rica em minerais e vitaminas. Os nutrientes  e as vitaminas são essenciais ao bom funcionamento do organismo

 

Faça uma alimentação variada.  Por exemplo, ao almoço come arroz com bife e ao jantar, peixe cozido com batatas cozidas e grelos.  Comer sempre um alimento faz com que o mesmo engorde, pois está a multiplicar as calorias do mesmo pelas vezes que o come.  

 

Modere o sal na comida.  Já que a ingestão do mesmo faz subir a tenção arterial e aumenta o risco de AVCs. Comidas muito salgadas vão fazer com que o cálcio seja elimiminado, podendo piorar a osteoperose.

 

Troque os elevadores pelas escadas (rolantes ou não). Por mais que esteja com pressa para apanhar o seu transporte público no andar superior e/ou tenha que se dirigir a um 4º andar , por exemplo, prefira as escadas aos elevadores. Subir as escadas é um exercicio muito bom e que permite queimar imensas calorias.

 

Começar a fazer dieta quando estiver mais calor e quando está o tempo bom.  Porque o calor faz-nos suar muito e beber muita água. Se estiver bom tempo, dá para andar mais a pé.

 

 

O que não deve fazer :

Não se automedique .- Muitas vezes, quando passa pelas farmácias e vê aqueles anúncios de medicamentos para emagrecer, tipo Alli, Obesimed, etc. Fica-se tentado a experimentar essa medicação. Mas não convem experimentar sem esses medicamentos serem receitados por um nutricionista.

 

Não se deite/ nem fique sentado/a depois das refeições. Há pessoas que preferem uma boa soneca depois do almoço ou ficam sentados a ver tv. Nada mais errado.  Isso para além de engordar, pode provocar-lhe problemas no estômago. Depois do almoço, pode ir dar um passeio a pé durante 20 mintos. Assim a digestão até se faz mais depressa.

 

Não pule refeições. Se pensa que não tomar o pequeno ou não jantar, por exemplo, ajuda a emagrecer, está bastante enganado/a.  O apetite vai se acumulando e quando for comer, come o dobro do que devia e o organismo vai absorver tudo.

 

Não molhe pão e outros hidratos de carbono em gorduras. Isso é um dos erros mais comuns. Se molhar pão por, exemplo, no molho do bife, isso implica gordura que não precisa para nada e que é bastante rica em calorias.

 

Não coma fritos. Isso implica acrescentar gorduras desnecessárias sobretudo àqueles alimentos que já são oleosos.

 

Não coma guloseimas e produtos oleosos regularmente. Para além de não terem quaisquer tipo nutrientes, são uma fonte importante de calorias e de gorduras desnecessárias.

 

Não fugir às guloseimas quando tiver lhe apetecer comê-las.  Esta fuga resulta do facto de a pessoa que estiver a fazer dieta ter medo de engordar ao comer uma guloseima. Quando entrar numa pastelaria e, se por acaso, lhe apetecer comer um bolo ou outra guloseima, não deve resistir à tentação. Se resistir à tentação ficará com o desejo de comê-la e não vai esquecer essa guloseima. Vai comê-la mesmo e até poderá compremeter o seu regime alimentar por causa disso.  Como 1 bolo e esquece-se do  mesmo por um grande período de tempo.

 

Não comprar guloseimas para comer em casa. É um erro comum e crasso. Se comprar, exemplo, uma embalagem de bolo fatiado não resistirá a comê-lo. Ao ver aquilo todos os dias, vai se lembra-lo e vai comê-lo. São raras as pessoas que resistem à tentação de um bolo em casa. Nem compre bolos, e muito menos, chocolates.

 

Não fique parada nas escadas rolantes. Suba ou desça as mesmas como de uma escadas paradas se tratasse. Ficar parada nas escadas rolantes impede-o/a de queimas calorias e de fazer exercicio fisico.

 

Nunca deixe bolos em casa, depois das festas. Quando há uma festa de aniversário, tem tendência a sobrar bolos, que ficarão guardados no seu frigorifico, bem à sua frente do seu nariz, para tenta-lo/a. Não guarde guarde bolos de um dia para o outro. Quando for assim, ofereça o que restou aos convidados presentes e no dia a seguir, ofereça-os aos seus vizinhos e/aos seus colegas de trabalho. Livre-se das guloseimas. As mesmas são podem ser comidas no própria dia da festa, e nunca nos dias seguintes.

 

Não faça muitos doces e bolos para as festas de aniversário.  Numa festa só pode haver 2 bolos, incluindo o de aniversário, se vai ter outras sobremesas tipo salada de fruta e/ou arroz doce, etc. Lembre-se que quanto mais houver guloseimas, mais se come, tanto na festa como nos dias seguintes.

 

Fonte: "Alimentos Bons e Alimentos Perigosos", Selecções dos Readers Digest

publicado por susanacorreia35 às 22:12
15
Mai
10

A alimentação e a saúde andam de mais dadas. Os alimentos que ingerimos no nosso dia-à-dia não só contribuem para a nossa saúde como também, é uma grande ajuda a moldar a nossa qualidade de vida.

 

O melhor tratamento para a obesidade /peso a mais é fazer uma alimentação cuidada a fim de perder peso e, como prémio, ganhar saúde. O problema da obesidade é uma ameaça extremamente perigosa que muitas pessoas subestimam para continuarem acomodarem-se. Muitas vezes, eu, também, já disse muitas vezes, que só "quero comer aquilo que me apetece"; mas, já aprendi às minhas custas que as coisas não são bem assim. Aquilo que me apetecia comer era prejudicial à minha saúde.  E, assim, engordei.

Para dar uma noção de quais são os alimentos que deve evitar ou comer com muita contenção, aqueles que deve comer mas com cuidado e aqueles que devem fazer parte da sua dieta, elaborei 3 listas: a lista vermelha, a lista amarela e a verde:

 

A "Vermelha"  é constituida pelos alimentos maus, perigosos, que prejudicam a saúde e que devem ser ingeridos com muita "Conta, peso e medida" e de longe a longe. Pode comer uma guloseima, por exemplo, de 20 a 25 dias, ou comê-las uma vez/mês.  Se tiver festas de aniversário, pode comer guloseimas, mas com a devida contenção.

 

A Amarela é a intermédia. Nela consta os alimentos médios: nem são muito bons nem muito maus;

 

 A Verde é a melhor. Dela fazem os melhores alimentos, aqueles que se pode e se deve comer.

 

 

 

Vermelha

  • Coco
  • Chocolate
  • Rebuçados
  • Doces
  • Bolos
  • Abacate
  • Açúcar/sacarose
  • Fast Food (Mc donalds , Pizzas e Kfc)
  • Batatas fritas (em pacote e fritas em casa)
  • Molhos (Ketchup, maionese e mostarda)
  • Snacks
  • Fritos
  • Salgados
  • Enchidos
  • Gelados
  • Sobremesas (Arroz doce, mousse de chocolate, leite creme, etc)
  • Fruta cristalizada
  • Amêndoas da Páscoa
  • Gomas
  • Refrigerantes ( Coca-cola, 7UP, Fanta, Sprite e Sumol)
  • Cogumelos e Trufas
  • Criação com pele (pato, ganso, frango e perú)
  • Manteiga
  • Margarina Poliinsaturada
  • Salsichas e Bacon
  • Ruibarbo
  • Croissants
  • Bolachas doces e sortidas
  • Bebidas não alcoólicas
  • Carne de vaca
  • Compotas e pastas p/barrar
  • Bebidas não-alcoólicas

 

 

 

 

 

 Amarela

  

  •  Aditivos alimentares;
  • Aipo;
  • Alcaçuz;
  • Algas;
  • Alho;
  • Alimentos enlatados;
  • Álcool;
  • Ameixas secas;
  • Ananás;
  • Arroz;
  • Azeite  e outros óleos vegetais;
  • Azeitonas;
  • Bananas;
  • Batatas;
  • Beringela;
  • Borrego;
  • Café;
  • Cafeína;
  • Carne de vaca;
  • Cereais integrais;
  • Cebolas;
  • Chá;
  • Couves;
  • Espinafres;
  • Farelo;
  • Favas;
  • Feijão;
  • Fibras;
  • Figos;
  • Gorduras;
  • Leguminosas;
  • Leite e natas;
  • Limões;
  • Maçãs;
  • Malaguetas;
  • Miudezas;
  • Molhos;
  • Morangos;
  • Ovos;
  • Pão;
  • Passas;
  • Pickles;
  • Queijo;
  • Rebentos de leguminosas;
  • Sal e sódio;
  • Salsichas e outros enchidos;
  • Sementes;
  • Tomates;
  • Uvas.

 

Verde

 

  • Abóbaras;
  • Agriões;
  • Aipo-rábano;
  • Alcachofras;
  • Água;
  • Alhos-franceses;
  • Ameixas;
  • Beterraba;
  • Brócolos;
  • Caça;
  • Castanhas;
  •  Cenouras;
  • Cerejas;
  • Courgettes;
  • Couve-Flor;
  • Couve-Galega;
  • Couve-Rábano;
  • Couves-de-bruchelas.

 

 

    

 

 

 

 

publicado por susanacorreia35 às 21:15
13
Mai
10

A Obesidade é uma das piores epidemias que muitos paises enfrentam com inúmeras dificuldades.  Mas, afinal, o que vem a ser obesidade e quais são as suas causas.

 

Afinal, o que é obesidade?

A obesidade é um distúrbio nutricional , mais vulgar no mundo ocidental. Considera-se obesa a pessoa que tenha um peso 20 a 30 % superior ao máximo pretendido para a sua altura, sexo e idade.

 

Como se calcula o indice de massa corporal?

IMC ou indice de massa corporal é = Peso a dividir por altura.

Por exemplo, um individuo pesa 80kg e mede 1,70 cm. O seu IMC é 47 kg/m. Devia pesar 69 kg.

 

 

Quais são as complicações que o aumento de peso poderá trazer:

As pessoas que sofrem de obesidade correm grandes riscos de contraír doenças gravíssimas tais como: Hipertensão arterial, Acidente Vascular Cerebral (AVC), Diabetes, Cancro do Colón, do recto, da prostata ( No homem), cancro da mama, do útero e do colo (na mulher). Mais: o peso excessivo sobre as ancas, os joelhos e costas sobrecarrega indevidamente estas articulações. E ainda: o cansaço e a dor.

 

 

Quais são as causas da obesidade?

O que provoca a obesidade é o excesso de alimentos perigosos, isentos de nutrientes e´grande défice de exercícios físicos. Em suma, ao total sedentarismo de algumas pessoas.  Há pessoas que preferem ficar em casa ao ver Tv, quando estão de folga ou de férias, e/ou a dormir na cama a ir andar a pé e/ou ir ao ginásio.

Contudo, se a alimentação contem alimentos altamente calóricos, tipo chocolates, bolos, aperitivos, cheios de gordura, é-lhe fornecida calorias em excesso que a pessoa não irá perder. As calorias só se acumulam no corpo e nunca sairam. Isto resulta em peso a mais e na subida da percentagem de massa gorda. Só a actividade físíca, essencialmente as modalidades praticadas em ginásios tipo pilates, Cárdio-fitness, cicling, etc, é que pode ser uma poderosíssima aliada na perda calorica. Mas a actividade física por si, não é muito eficiente. Para dar cabo da obesidade é fundamental ter uma força de vontade enorme e, acima de tudo, comer bem, com contenção. Quando eu falo em comer bem, estou a referir-me a refeições nutritivas, e pouco ou nada calóricas.

 

 

Porque é que a mulher tem mais tendência para a obesidade do que o homem?

A mulher tem mais tendência para engordar do que o homem porque o corpo feminino armazena gorduras, eficientemente. O melhor para a mulher seria  que 25% do peso do corpo fossem constituidos por gordura; no caso do homem, o ideal seria 15%.

 

Onde estará,afinal, o problema da obesidade? 

O problema está na gordura, obviamente. É certo e sabido que a proporção  entre gorduras e hidratos de carbono de uma dieta significa muito no que toca ao controlo de peso. Certas pessoas que consomem o mesmo valor calórico, têm mais hipóteses de engordarem se a sua alimentação for mais à base de gorduras do que de hidratos de carbono.

 

 

 

Autoria: Susana Correia

Pesquisa: "Alimentos e Alimentos Perigosos"

 

 

 

 

 

publicado por susanacorreia35 às 21:34
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
olá, boas.estava a procura de desvantagens de uma ...
blogs SAPO